Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

NOSTALGIA
No comando: Nostalgia

Das 11:00 as 12:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã

Das 06:00 as 08:00

Raízes
No comando: Raízes

Das 08:00 as 09:00

Na Paz do Senhor
No comando: Na Paz do Senhor

Das 08:00 as 09:00

questions or decision making concept
No comando: Você pergunta, o Pastor responde

Das 08:00 as 11:00

MUSA MAIS
No comando: Musa Mais

Das 09:00 as 11:00

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das 11:00 as 12:00

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 13:30 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

Stand By Anderson
No comando: Stand By

Das 14:00 as 15:00

Gospel Hits
No comando: Gospel Hits

Das 15:00 as 17:00

039b3c3f-6706-48c3-8037-d3c08ac2d98e
No comando: Na Contramão

Das 15:00 as 17:00

MUNDOGAUCHO
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

familia
No comando: Familia Cristã

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

Sou fraco demais para ficar sozinho

Compartilhe:
PRA FORA DA CAIXA

 

Não foram poucas as vezes em que me senti sozinho, até mesmo naqueles momentos em que o coração implorava por companhias.

 

Quem me conhece sabe muito bem que sou o tipo de cara sociável, rodeado por pessoas. Porém, quando escolhi seguir o Autor da Vida, tive que dar as costas para uma rotina que tanto amava cultivar.

 

Não é uma tarefa fácil desapegar de atividades que, na maioria das vezes, tornam-se motivos para não avançarmos na direção do destino que Deus nos reservou. É triste se despedir dos familiares, amigos e de uma carreira – é como entrar em um barco que navega por águas desconhecidas.

O medo de se perder e as chances de se arrepender, dia a dia, tornam-se reais.

 

Certa vez, em um clima de desapego, o Autor da Vida estava diante dos seus seguidores, e o medo de navegar pela jornada que Ele havia proposto só aumentava diante daquele grupo. Alguns tiveram medo de se perder e, um por um, foram pegando suas malas, dando as costas para o Autor Vida e regressando para as suas antigas vidas.

 

Imagine que situação!

O próprio Deus viu os seus seguidores virando as costas para Ele!

Por causa disso, um clima de insegurança foi gerado no grupo. Então, diante desse clima, Ele olha para os seguidores que ficaram e diz: “—Alguém mais deseja acompanhá-los?”.

Naquele momento, o silêncio protagonizou a cena, mas uma pessoa criou coragem: era Pedro, um pescador que deixou tudo para trás – ele não tinha mais nada, só lhe restava a esperança nas promessas do Autor da Vida. Pedro, com medo de se sentir desamparado, responde: “—Para onde eu irei? Não tenho mais para onde voltar. Só tenho Você e a esperança nas Suas palavras”.

 

Não é uma tarefa fácil seguir o Autor da vida, pois, na maioria das vezes, será uma jornada solitária e, ainda, navegaremos contra a maré, enfrentando fortes tempestades e, em algumas delas, o coração sangra e implora por companhias que antes nos faziam tão bem, mas por conta das circunstâncias, tiveram dificuldades de nos compreender.

 

A única certeza que aquece a nossa esperança é a de que

aquEle que prometeu é o mesmo que andou com Pedro.

Se o cara que andou ao lado dEle temeu o dia de amanhã, não estamos livres desse sentimento.

E, quando o clima for de abandono, iremos ao encontro do Autor da Vida para lhe dizer:

“— Sou fraco demais para ficar sozinho.”

Postado por: Pr. Rael

Deixe seu comentário:

Últimas noticias

Redes Sociais

Blog da 90

  • PRA FORA DA CAIXA

    Sou fraco demais para ficar sozinho

      Não foram poucas as vezes em que me senti sozinho, até mesmo naqueles momentos em que o coração implorava por companhias.   Quem me conhece sabe muito bem que sou o tipo de cara sociável, rodeado por... Leia mais

    Em 13/12/2017