Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das as

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das as

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.12.20
No comando: Júlio César Show

Das 08:00 as 12:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.24.46
No comando: Show da 95

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 14:00 as 15:00

WhatsApp Image 2020-01-23 at 09.23.15
No comando: TARDE MÁXIMA

Das 15:00 as 17:00

WhatsApp Image 2019-12-04 at 18.00.10
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 18:00 as 20:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

Web se revolta com censura e acusa: #STFVergonhaMundial

Compartilhe:
001-12

 

Web se revolta com censura e acusa: #STFVergonhaMundial

Inconformados com as recentes decisões do Supremo Tribunal Federal (STF), usuários de redes sociais se uniram, nesta sexta-feira (31), em uma nova campanha contra a Corte. No Twitter, a #STFVergonhaMundial foi levada aos assuntos mais comentados da plataforma.

Nas publicações, usuários fizeram críticas a integrantes do Supremo e denunciaram uma censura da Corte.

A manifestação ocorre após o ministro Alexandre de Moraes decidir ampliar sua decisão que bloqueou contas de Twitter de aliados do presidente Jair Bolsonaro. Com isso, a rede social estendeu o bloqueio dos perfis também fora do Brasil.

Outro motivo para a campanha contra o Supremo foi a notícia de que um ex-funcionário do Facebook e dois ex-funcionários do Google teriam revelado uma série de acusações contra um suposto conluio entre o STF e a rede social. A intenção seria a tentar censurar conservadores ou liberais alinhados à direita.

Por fim, ainda há a denúncia feita pelo jornalista Allan dos Santos de que o Supremo teria se negado a informar ao presidente que o governo brasileiro vem sendo espionado pela China e pela Coreia do Norte. Ele ainda acusou Luís Roberto Barroso de armar um golpe para cassar a chapa de Bolsonaro e Mourão.

Pleno News

 

Deixe seu comentário: