Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das as

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das as

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.12.20
No comando: Júlio César Show

Das 08:00 as 12:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.24.46
No comando: Show da 95

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 14:00 as 15:00

WhatsApp Image 2020-01-23 at 09.23.15
No comando: TARDE MÁXIMA

Das 15:00 as 17:00

WhatsApp Image 2019-12-04 at 18.00.10
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 18:00 as 20:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

Senado aprova texto-base para privatização da Eletrobras

Compartilhe:
657936727-energia-eletrica-cabos-de-energia-eletricidade-minas-e-energia

 

Senado aprova texto-base para privatização da Eletrobras

O texto-base da Medida Provisória (MP) que viabiliza a privatização da Eletrobras foi aprovado pelo Senado nesta quinta-feira, 17, após uma série de debates e alterações na versão chancelada pela Câmara dos Deputados. A proposta recebeu o aval de 42 senadores, enquanto 37 se posicionaram contrários. Como os senadores passaram a MP com alterações, o texto volta para nova votação dos deputados. A pauta deve ser aprovada pelo Congresso até o próximo dia 22 para não perder a validade. A votação da MP estava prevista para quarta-feira, 16, mas foi adiada em meio as negociações com diferentes frentes parlamentares para garantir a aprovação. O relator, senador Marcos Rogério (DEM-RO), alterou parte do seu parecer nesta amanhã. Entre as mudanças, ele retirou a emenda que determinava a contratação de usinas termelétricas como condicionante ao processo de venda e subsídios ao carvão até 2035.

O texto foi aprovado pela Câmara dos Deputados em 20 de maio após mudanças nos destaques. A MP 1031 foi encaminhada pelo governo federal em fevereiro deste ano, na terceira tentativa da União desde 2018 em privatizar a empresa. O texto prevê a capitalização da Eletrobras com a emissão de novas ações no mercado financeiro. A União, atual detentora da maior parte dos papéis da empresa, não poderá participar dessa compra, resultando na redução da sua fatia para menos de 50%. Apesar de deixar de ser o acionista majoritário, o governo federal terá uma golden share, como são chamadas as ações especiais que dão poder de veto em decisões estratégicas. O texto ainda determina que nenhum acionista poderá reter mais de 10% do capital votante da empresa e que os funcionários demitidos no primeiro ano após a capitalização possam usar a rescisão para comprar ações pelo preço que tinham antes da publicação da MP.

jovempan

Deixe seu comentário:

Redes Sociais

Blog da 90