Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das as

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das as

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.12.20
No comando: Júlio César Show

Das 08:00 as 12:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.24.46
No comando: Show da 95

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 14:00 as 15:00

WhatsApp Image 2020-01-23 at 09.23.15
No comando: TARDE MÁXIMA

Das 15:00 as 17:00

WhatsApp Image 2019-12-04 at 18.00.10
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 18:00 as 20:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

“Se for culpado, vai pagar”, diz Bolsonaro sobre Milton Ribeiro

Compartilhe:
jair-bolsonaro-7

 

“Se for culpado, vai pagar”, diz Bolsonaro sobre Milton Ribeiro

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), comentou na manhã desta quarta-feira (22) a prisão preventiva do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, suspeito de envolvimento em um esquema de corrupção.

Em entrevista concedida à rádio Itatiaia, o chefe do Executivo afirmou que a detenção é um sinal de que ele não interfere na Polícia Federal e de que a corporação “está agindo”.

“O caso do Milton, pelo que eu estou sabendo, é aquela questão que ele estaria com uma conversa meio informal demais com pessoas de confiança dele. E daí, houve denúncia que ele teria buscado prefeito, gente dele para negociar, para liberar recurso, isso e aquilo. O que acontece: nós afastamos ele. Se tem prisão, é Polícia Federal. É sinal que a Polícia Federal está agindo”, declarou.

Além disso, o presidente também destacou seu desejo de que, se for considerado culpado, o ministro pague pelos crimes, lembrando que o seu governo não compactua com práticas ilegais.

“Se tiver algo de errado, ele vai responder, se for inocente, sem problemas; se for culpado, vai pagar. O governo colabora com a investigação. A gente não compactua com nada disso. Agora, não sei qual a profundidade dessa investigação. No meu entender não é aquela orgânica, porque nós temos os compliances nos ministérios”, apontou.

Ainda sobre o caso, o presidente disse que sua responsabilidade é afastar quem estiver sob suspeita e auxiliar na investigação, o que tem sido feito desde o início.

“Isso vai respingar em mim, obviamente. Tenho 23 ministros, mais de 20 mil cargos de comissão. Minha responsabilidade é afastar e auxiliar na investigação. Essa operação tem PF, deve ter CGU ajudando a elucidar o caso”, completou.

gospelprime

 

Deixe seu comentário:

Redes Sociais

Blog da 90