Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das as

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das as

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.12.20
No comando: Júlio César Show

Das 08:00 as 12:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.24.46
No comando: Show da 95

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 14:00 as 15:00

WhatsApp Image 2020-01-23 at 09.23.15
No comando: TARDE MÁXIMA

Das 15:00 as 17:00

WhatsApp Image 2019-12-04 at 18.00.10
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 18:00 as 20:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

Profissionais fazem carinho para vacinar homem com fobia de agulha

Compartilhe:
aa72f85a9c1fa8c71b76668bb8a95689

 

Profissionais fazem carinho para vacinar homem com fobia de agulha

Não é brincadeira! Nem para zombar! Tem muito adulto que tem fobia de agulha, verdadeiro pavor de tomar vacina. E profissionais da saúde deram uma lição de empatia e profissionalismo para vacinar um rapaz assim nesta segunda, 19, na Paraíba.

No vídeo, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande, o homem alto e forte chega cheio de medo ao posto de vacinação, literalmente com cara de choro.

Ele foi até lá amparado pela mãe e pela família, que já avisou aos atendentes sobre a fobia dele.

E a forma como o homem foi atendido e tratado chega a emocionar, de tanto amor, paciência, e carinho.

O atendimento humanizado

Primeiro, a profissional da saúde coloca o rapaz numa cadeira e fala: “Me abraça, não se preocupe”. Enquanto isso, ela faz carinho na cabeça dele.

“O senhor não vai nem ver. Se preocupe, não, viu?”, continua ela, sem parar de passar a mão na cabeça dele, diversas vezes.

Na hora, outras duas atendentes se aproximam e o homem estende a mão a uma delas, que pega na mão dele para dar mais segurança.

“Cadê mainha?”, pergunta o homem, ainda aflito.

E todos respondem “tá aqui!”

A mãe dele, dona Vania, estava sentada numa cadeira ao lado e segurou no outro braço do filho.

Quatro pessoas para ajudar

Já eram três pessoas juntas para dar confiança a ele, nos segundos que antecederam a aplicação da vacina.

Nisso, chega um quarto profissional da saúde e diz: “amigão, relaxa!”.

Rapidamente, ele sobe a manga da camiseta do homem e consegue aplicar a dose da vacina.

Nem deu tempo direito de o rapaz dizer “ai, ai, ai” … e ele já estava vacinado.

“Já foi! Pronto! Vacinado”, diz o profissional da saúde.

Ele foi aplaudido

Todos começaram a aplaudir o homem e ele ficou mais alguns segundos sentado, com a cabeça baixa, encostada no peito da atendente, segurando no braço dela, até se acalmar.

E a cena linda de carinho não parou.

A profissional de saúde continuou fazendo carinho na cabeça dele até o homem se tranquilizar totalmente.

“Para algumas pessoas é traumático receber uma furada, mesmo que seja para uma vacina. Hoje uma de nossas equipes demonstrou toda a compreensão do mundo e afeto para vacinar um rapaz. Esse processo de aplicação de vacina nos ensina bastante!”, escreveu a secretaria no Instagram.

infocors

 

Deixe seu comentário:

Redes Sociais

Blog da 90