Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das as

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das as

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.12.20
No comando: Júlio César Show

Das 08:00 as 12:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.24.46
No comando: Show da 95

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 14:00 as 15:00

WhatsApp Image 2020-01-23 at 09.23.15
No comando: TARDE MÁXIMA

Das 15:00 as 17:00

WhatsApp Image 2019-12-04 at 18.00.10
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 18:00 as 20:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

Pastor diz que PT ofereceu R$ 4 milhões por apoio a Lula: “Recusei”

Compartilhe:
ezequias-silva-1536x1004

 

Pastor diz que PT ofereceu R$ 4 milhões por apoio a Lula: “Recusei”

O pastor Ezequias Silva, da Igreja Assembleia de Deus Ministério Belém do Pará, em São Paulo, disse que recebeu uma proposta de R$ 4 milhões para que ele declarasse apoio a pré-candidatura do petista Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República.

De acordo com o pastor, a oferta milionária teria sido feita pelo Partido dos Trabalhadores (PT), mas foi recusada de imediato por ele, afirmando que não mistura religião com política.

“A proposta veio, mas eu recusei”, disse o pastor Ezequias Silva. “Eu não misturo as coisas. Deus não me deu ministério para vender”, continuou.

Ao ser questionado sobre seu eventual apoio a algum candidato este ano, o líder evangélico disse que não vai declarar apoio a ninguém.

“Não mexo com isso não. Não apoio nenhum”, afirmou ele a jornalista Leiliane Lopes, do JM Notícias.

Busca por apoio

A revelação do pastor não surpreende, já que lideranças religiosas têm sido procuradas pelo PT para apoiarem Lula, mas o partido não tem conseguido abertura nas grandes denominações, como a Assembleia de Deus.

Na tentativa de angariar apoio, o PT tem preparado uma série de reuniões com pastores anônimos, segundo informações veiculadas pelo Estadão. Paulo Marcelo, identificado como “o pastor do PT”, admite que as maiores lideranças evangélicas do país apoiam o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL).

gospelprime

 

Deixe seu comentário:

Redes Sociais

Blog da 90