Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 17 as 21

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

FAMÍLIA MISSIONÁRIA
No comando: Família Missionária

Das 08:00 as 11:00

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das 11:00 as 12:00

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

rÁDIO DO BEM - MUSA FM (3)
No comando: Show da 95

Das 14:00 as 17:00

MUNDOGAUCHO
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das 20:00 as 22:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

Mulher relata arrependimento após abortar: “Onde está o meu bebê?”

Compartilhe:
laura-mann

 

Uma inglesa declarou durante um programa da BBC que se arrependeu depois de realizar um aborto. Laura Mann explicou que engravidou quando tinha 19 anos e resolveu interromper a gestação quando estava com 21 semanas.

Ela revelou que não foi informada sobre o procedimento que seria realizado e que sentiu pressionada pela equipe da clínica que não lhe apresentou outras opções.

“Quando entrei [na clínica] para discutir que estava grávida, a primeira opção que me foi dada foi o aborto”, declarou ela que é negra.

“Nós saímos da sala, conversamos por cinco minutos e voltamos. Eu estava com tanto medo, tão confusa. Eu não tinha ideia do que fazer”, completou a jovem no programa Victoria Derbyshire.

Depois que o procedimento foi feito, Mann se arrependeu e passou a questionar sobre o que teria acontecido com aquele bebê.

“A primeira coisa que passou pela minha cabela foi ‘onde está o meu bebê? O que aconteceu com o corpo do meu bebê?’”, revelou ela.

“Quando eu saí daquela clínica, esse foi o começo do meu pesadelo”, acrescentou. Hoje ela disse que passou a reconhecer o que é realmente um aborto e isso a ajudou no processo de cura.

No programa também estava o Dr. Calum Miller, médico abortista, que falou sobre a terminologia eufemística que tenta chamar a criança de nomes como “produtos da concepção” ou “tecido da gravidez” para não assustar os pacientes que buscam pelo aborto.

O grupo pró-vida Right to Live UK lamentou o que aconteceu com Laura.

“Infelizmente, a pressão que ela sofreu e a oferta de um aborto como a opção padrão, é muito familiar. Ela está certa em perguntar por que é que o que realmente acontece em um aborto é mantido em segredo. Ela está certa em sentir-se decepcionada por Marie Stopes [a clínica que realizou o procedimento], que não a informou sobre o que aconteceria com seu bebê”.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Gospel Prime
Foto: Reprodução
Publicado por: Jornalista Júlio César de Lima

Deixe seu comentário:

Redes Sociais

Blog da 90

  • menino-chorando

    O cristão e as aflições

      Nos dias de hoje tem sido notório um adoecimento coletivo da sociedade, não apenas as estatísticas, mas a realidade a nossa volta evidencia um aumento significativo no número de pessoas que sofre com... Leia mais

    Em 10/07/2019