Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.12.20
No comando: Júlio César Show

Das 08:00 as 12:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.24.46
No comando: Show da 95

Das 12:00 as 15:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das 15:00 as 16:00

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 16:00 as 17:00

WhatsApp Image 2019-12-04 at 18.00.10
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 18:00 as 20:00

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das 20:00 as 22:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

Internacional anuncia Antônio Carlos Zago como novo técnico

Compartilhe:
ZAGO

 

O Internacional anunciou, na manhã desta segunda-feira (12),  que Antônio Carlos Zago será o treinador da equipe na série B do Campeonato Brasileiro da temporada 2017 . O profissional, que estava no Juventude, terá a companhia de Galeano, auxiliar técnico, e Carlos Pacheco, preparador físico. O contrato se estende até dezembro de 2017. A apresentação oficial acontecerá na terça-feira (13),  na sala de conferências do Estádio Beira-Rio.

Zago iniciou a carreira de treinador em 2009, no São Caetano. Na ocasião foi contratado quando o time estava na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Com uma campanha de recuperação, levou o clube do ABC Paulista ao 7º lugar, tendo como destaque a solidez defensiva, a terceira melhor do torneio.

Carreira

No início de 2010, Zago seguiu no São Caetano e comandou o time em uma boa arrancada no Campeonato Paulista. Após golear o Palmeiras por 4 a 1 , na 9ª rodada, foi contratado pelo próprio Palmeiras. No clube da capital, trabalhou em parte da temporada de 2010 finalizando com aproveitamento de 56%. Ainda em 2010, trabalhou em outro clube da Série A do Brasileirão, o Grêmio Prudente. Entre 2011 e 2012, acumulou experiências em três clubes: Mogi Mirim-SP, Vila Nova-GO e Audax-SP.

Em dezembro de 2012, foi contratado para ser auxiliar-técnico na Roma, da Itália, clube que defendeu por quatro anos como atleta. Zago aproveitou o retorno ao Velho Continente para se atualizar no futebol. Ele estudou durante um ano nos cursos de treinadores da Uefa. Em paralelo, participou da campanha da Roma, 6ª colocada no Campeonato Italiano e vice-campeã da Copa Itália.

Ainda para a temporada de 2013, Zago recebeu convites para treinar clubes no Brasil, mas preferiu seguir o aprendizado na Europa. Em outubro, foi anunciado como auxiliar do técnico romeno Mircea Lucescu no Shakhtar Donetsk. Lucescu é um dos técnicos mais experientes da Europa, com quase 40 anos de carreira e 35 títulos conquistados e havia treinado Zago no Besiktas, da Turquia.

Atuando como auxiliar, Zago foi peça fundamental na adaptação dos jogadores brasileiros. Há anos o clube ucraniano se caracteriza por ter muitos atletas do nossos país. Durante sua passagem, o clube chegou a ter 11 brasileiros, cinco deles foram chamados para a seleção brasileira enquanto da permanência de Zago: o volante Fernando, os meias Bernard, Fred e Douglas Costa, e o atacante Luiz Adriano. Em campo, o Shakhtar foi campeão ucraniano na temporada 2013/2014, bicampeão da Supercopa da Ucrânia (2014 e 2015) e chegou nas oitavas-de-final da Liga dos Campeões da Europa.

Retorno de sucesso

Após quase três anos na Europa, foi contratado pelo Juventude, em agosto de 2015, para as últimas seis rodadas da Série C. Mesmo fazendo 61% dos pontos, o time não chegou ao mata-mata. Em 2016, podendo começar a temporada, Zago auxiliou na montagem do time para o Campeonato Gaúcho. Com cinco vitórias nos primeiros cinco jogos, o clube de Caxias se manteve durante todo o campeonato na zona de classificação e finalizou a primeira fase em 4º lugar.

Após passar por Ypiranga e Grêmio na fase eliminatória, o time foi vice-campeão, feito que não acontecia há oito anos. Na Copa do Brasil, o Juventude superou Tocantinópolis, Coritiba, Paysandu e São Paulo, caindo apenas para o Atlético-MG, nos pênaltis, nas quarta-de-final. Melhor campanha do clube desde o título de 1999. No segundo semestre, com Zago no comando, o Juventude conseguiu após sete anos o acesso para a Série B do Brasileirão.

 

 

Fonte: osul.com.br

Foto: (reprodução)

Postado por: Jean Doberstein

Deixe seu comentário:

Redes Sociais

Blog da 90

  • depressão-espiritual1-e1427061331349

    Depressão na visão Espiritual – Blog do Bem

      Infelizmente, a depressão é uma doença da alma. Estima-se que 20% da população estejam com este problema em ação. Esta doença é a maior causa de ausência no ambiente de trabalho, sendo que 50% dos... Leia mais

    Em 06/12/2019