Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das as

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das as

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.12.20
No comando: Júlio César Show

Das 08:00 as 12:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.24.46
No comando: Show da 95

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 14:00 as 15:00

WhatsApp Image 2020-01-23 at 09.23.15
No comando: TARDE MÁXIMA

Das 15:00 as 17:00

WhatsApp Image 2019-12-04 at 18.00.10
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 18:00 as 20:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

“Haja coração”: Justiça bloqueia contas bancárias de Galvão

Compartilhe:
galvão-bueno-1-768x432

 

“Haja coração”: Justiça bloqueia contas bancárias de Galvão

A Justiça de São Paulo bloqueou as contas bancárias do locutor Galvão Bueno, da sua esposa Desirée Soares Galvão Bueno e da filha Letícia Galvão Bueno. O pedido de bloqueio foi deferido pelo juiz Rodrigo Galvão Medina, da 9ª Vara Civil de São Paulo, após a não realização do pagamento de duas parcelas junto à empresa Leste Credit (Fundo de Investimento), com a qual Bueno possui uma divida de R$ 1,3 milhão.

A pendência é referente a um empréstimo feito em 2017 para a Virtual Promoções e Participações, empresa da família do narrador esportivo. Foram acordadas três parcelas, com desconto de R$ 421 mil no total da dívida, que inicialmente era no valor de R$ 1,6 milhão.

Em junho, Galvão realizou o pagamento da quantia de R$ 600 mil. Contudo, para quitar a dívida ainda faltavam outras duas parcelas de pouco mais de R$ 120 mil, que não foram pagas nas datas estipuladas em acordo.

O bloqueio foi necessário para garantir que a dívida será quitada.

– Em razão da petição que noticiou o descumprimento do acordo, determinei a expedição de ordem de indisponibilidade de ativos financeiros – afirmou o juiz na decisão.

Foram encontrados apenas R$ 1.401,17 nas contas de Galvão; e, na conta de Desirée, houve o bloqueio de cerca de R$ 90 mil.

A defesa do narrador pediu a suspensão da decisão, com a alegação de que os valores são impenhoráveis, parte deles por serem de caráter salarial. Outro argumento apresentado é de que a decisão causou grave dano, uma vez que as quantias “são necessárias para o sustento da família”.

Pleno News

 

Deixe seu comentário:

Redes Sociais

Blog da 90