Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 17 as 21

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

FAMÍLIA MISSIONÁRIA
No comando: Família Missionária

Das 08:00 as 11:00

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das 11:00 as 12:00

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

rÁDIO DO BEM - MUSA FM (3)
No comando: Show da 95

Das 14:00 as 17:00

MUNDOGAUCHO
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das 20:00 as 22:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

Empresa demite 150 funcionários no Noroeste do RS

Compartilhe:
8035_25423061-jpg

 

Tradicional fabricante de veículos e equipamentos agrícolas, a John Deere demitiu 150 funcionários da fábrica de Horizontina, no noroeste do Rio Grande do Sul. No local, são produzidas colheitadeiras de grãos e plantadeiras. O número de dispensas foi informado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Horizontina e Região.

Segundo a entidade, a empresa já havia anunciado recentemente que não manteria o segundo turno e que seria necessário demitir trabalhadores. O argumento era uma baixa na produção que estava prevista ainda para 2019. Depois desse anúncio, começou um programa de demissão voluntária, que teve a adesão de 30 pessoas. Agora, veio o anúncio do desligamento de um número maior de pessoas.

Procurada pela coluna Acerto de Contas, a John Deere enviou uma nota oficial. No texto, atribui a medida a ajustes no quadro de funcionários, alegando que a maioria tinha contrato por prazo determinado.

“A companhia informa que está realizando ajustes no quadro de funcionários de sua fábrica de Horizontina (RS), dos quais na sua maioria eram contratos por prazo determinado. Tais medidas se fizeram necessárias em razão de variações de mercado. O Sindicato dos Metalúrgicos de Horizontina foi comunicado e o processo está transcorrendo de forma transparente.
Com 180 anos de história e um legado de integridade, qualidade, comprometimento e inovação, a John Deere reafirma seus rígidos controles de ética e de como conduz seus negócios, garantindo assim os valores da marca e a confiança dos colaboradores, concessionários e clientes.”
, diz a nota da empresa na íntegra.

Ainda conforme o sindicato dos trabalhadores, foi realizada uma negociação antes das demissões. A entidade diz que ficou acordado que os funcionários dispensados seriam chamados novamente no caso de a empresa voltar a abrir empregos na fábrica de Horizontina.

Fonte: GIANE GUERRA | GAÚCHA ZH

Deixe seu comentário:

Redes Sociais

Blog da 90