Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das as

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das as

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.12.20
No comando: Júlio César Show

Das 08:00 as 12:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.24.46
No comando: Show da 95

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 14:00 as 15:00

WhatsApp Image 2020-01-23 at 09.23.15
No comando: TARDE MÁXIMA

Das 15:00 as 17:00

WhatsApp Image 2019-12-04 at 18.00.10
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 18:00 as 20:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

Culto é realizado em local de atentado contra Bolsonaro

Compartilhe:
Culto em Juiz de Fora pela vida de Bolsonaro, vítima de facada no local

 

Evento contou com participação de Eduardo Bolsonaro

 

A facada sofrida por Jair Bolsonaro (PSL), que completou um ano nesta sexta-feira (6), foi lembrada por apoiadores do agora presidente da República durante culto em Juiz de Fora, Minas Gerais, local do ataque, e por familiares e ministros em uma festa particular em Brasília.

 

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) visitou a cidade mineira para agradecer pela vida do pai, que segundo ele, foi salva por “intervenção divina” há um ano. O parlamentar participou de uma mobilização ao lado de grupos de apoiadores do presidente, que voltaram a se reunir na esquina das ruas Halfeld e Batista de Oliveira, no centro da cidade.

No local, há exatamente um ano, o então candidato à Presidência sofreu um atentado durante uma atividade de campanha após uma facada desferida por Adélio Bispo de Oliveira.

Em alusão à data, considerada um segundo aniversário pelo próprio presidente, um grupo de apoiadores do presidente se concentrou no local para um ato no início da noite -com direito a um bolo com velas. Ao fim, foi executado o Hino Nacional. Organizada pelo grupo Direita Minas Juiz de Fora, a ação foi chamada de “culto ecumênico em ação de graças pela vida” do presidente.

 

 

 

 

Fonte: Pleno News

 

Deixe seu comentário: