Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das as

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das as

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.12.20
No comando: Júlio César Show

Das 08:00 as 12:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.24.46
No comando: Show da 95

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 14:00 as 15:00

WhatsApp Image 2020-01-23 at 09.23.15
No comando: TARDE MÁXIMA

Das 15:00 as 17:00

WhatsApp Image 2019-12-04 at 18.00.10
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 18:00 as 20:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

Bayern reduz salário de atletas que não foram vacinados

Compartilhe:
8013867988001w

 

Bayern reduz salário de atletas que não foram vacinados

Na Alemanha, foi aprovada uma lei que permite a redução do salário de pessoas que não foram vacinadas contra a Covid-19, caso elas percam dias de trabalho por conta da quarentena.

A nova medida afeta, inclusive, jogadores de futebol, como Eric Maxim Choupo-Moting, Mickaël Cuisance, Jamal Musiala, Joshua Kimmich e Serge Gnabry, do Bayern de Munique. As informações são do portal UOL.

Os atletas citados acima ainda não foram imunizados contra a Covid-19. A redução salarial deles poderá acontecer com base no número de dias que os jogadores terão para cumprir a quarentena. Eles foram afastados após contato com uma pessoa que testou positivo para o novo coronavírus, segundo o jornal alemão Bild. O veículo relatou ainda que Kimmich já teve o salário reduzido.

O Bild aponta também que o clube alemão planeja emitir um alerta e quer aumentar a pressão para que seus atletas se vacinem.

O estado da Baviera, onde fica a cidade de Munique, avalia a possibilidade de introduzir a vacinação obrigatória a fim de combater a nova onda de infectados na região.

PLENONEWS

Deixe seu comentário:

Redes Sociais

Blog da 90