Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

Coisa de Mulher
No comando: Coisa de Mulher

Das as

Musical Evangéico
No comando: Musical Evangélico

Das as

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões – Pr. Waldemar Doberstein

Das 20:00 as 22:00

300bannerlateral01
No comando: Os 300 Gideões

Das 20:00 as 22:00

Coruja de Sexta I
No comando: Sexta de Primeira

Das 22:00 as 00:00

Um amigo na madrugada
No comando: Um amigo na Madrugada

Das 00:00 as 04:00

café da manhã
No comando: Café da Manhã com Jesus

Das 06:00 as 08:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.12.20
No comando: Júlio César Show

Das 08:00 as 12:00

WhatsApp Image 2019-10-29 at 09.24.46
No comando: Show da 95

Das 12:00 as 14:00

Voz Missonária II
No comando: Voz Missionária

Das 14:00 as 14:30

Sem título
No comando: Clube do Louvor

Das 14:00 as 15:00

WhatsApp Image 2020-01-23 at 09.23.15
No comando: TARDE MÁXIMA

Das 15:00 as 17:00

WhatsApp Image 2019-12-04 at 18.00.10
No comando: Mundo Gaúcho

Das 17:00 as 19:00

58577572_2213722078719533_2788416450736422912_n
No comando: CONEXÃO VIDA

Das 18:00 as 20:00

CIBI
No comando: CIBI – Igreja Batista Independente

Das 22:00 as 00:00

Atila insulta os médicos ao debochar de tratamento precoce com vermífugo

Compartilhe:
9034236_x720

 

Atila insulta os médicos ao debochar de tratamento precoce com vermífugo

O biólogo-ativista Atila Iamarino fez uma publicação nesta quarta-feira para ironizar, indiretamente, uma campanha do Ministério da Saúde que orienta a população a procurar atendimento médico em caso de suspeita de infecção com o novo coronavírus, a fim de iniciar o “tratamento precoce” contra a doença.

“Diante da possibilidade do aumento do número de casos da #COVID19, até que se tenha uma vacina segura e testada, recomendamos o TRATAMENTO PRECOCE. O médico deverá ser procurado ao sentir os primeiros sintomas.”, escreveu a pasta em sua conta no Twitter.

Atila Iamarino, por sua vez, publicou: “Tratamento precoce pra COVID-19 são máscaras e distanciamento social. Ótimo pra não pegar o vírus e ter uma doença mais leve se pegar. O melhor vermífugo no tratamento contra COVID até aqui parece ser o voto.

Ivermectina e Anitta

A publicação de Atila parece uma referência indireta a dois medicamentos que estão sendo amplamente utilizados no tratamento precoce contra o Covid-19, que são a ivermectina e a nitazoxanida, mais conhecida como “Anitta”, ambos vermífugos.

Os dois são associados a outros dois medicamentos, que são a azitromicina e a hidroxicloroquina. Alguns médicos não receitam todos ao mesmo tempo, enquanto outros sim. O fato é que centenas, talvez milhares de médicos no Brasil estão receitando esses medicamentos para o tratamento precoce da doença.

Esse que vos escreve já foi uma das vítimas do coronavírus que, assim como outros da própria família, seguiu o tratamento recomendado logo nos primeiros sintomas da doença e não teve qualquer complicação.

Quando Atila diz que “tratamento contra COVID até aqui parece ser o voto”, ele não está apenas fazendo uma crítica política ao governo Bolsonaro. Ele está, também, debochando de todos os profissionais de saúde que estão arriscando suas vidas para cuidar dos infectados, receitando os medicamentos citados acima.

Ora, se o único tratamento precoce, segundo Atila, são “máscaras e distanciamento social”, então significa que todos os médicos que receitam a ivermectina, anitta, azitromicina e hidroxicloroquina estão errados? Seria o biólogo-ativista uma autoridade maior do que todos os demais profissionais de saúde que lidam diretamente com os infectados?

É evidente que não! A publicação de Atila, portanto, não passa de um insulto velado à capacidade dos médicos em julgar viável ou não a prescrição dos medicamentos citados. É a tradução perfeita de alguém que se julga mais competente em analisar algo do qual outros discordam, e que nem diz respeito a sua área de conhecimento: a medicina.

Atila, o vidente?

A declaração de Atila Iamarino não parece ser por acaso, visto que, segundo ele, o ano de 2021 será pior do que o de 2020. Ora, para que uma previsão dessa natureza se confirme, é preciso realmente acreditar que não existe qualquer tratamento precoce contra o coronavírus, senão “máscaras e distanciamento social”.

Em outra publicação recente, o biólogo-ativista disse: “A maré da nossa onda já tá subindo. Não temos rastreio, não aumentamos capacidade de teste, não temos plano de combate à COVID… 2021 vai ser pior que 2020.”

Felizmente, profissionais sérios discordam de Atila no tocante ao tratamento precoce. Para quem deseja realmente se pautar pela vida e não pelo terrorismo de profetas do pânico, listo abaixo algumas matérias já publicadas no Opinião Crítica sobre o assunto:

Uso de ivermectina reduz em 73% a infecção com Covid-19 entre profissionais de saúde

Estudo brasileiro diz que a nitazoxanida tem 94% de capacidade de inibir a Covid-19

Cloroquina: Associação Médica defende autonomia dos médicos e critica politização

Mais de 200 médicos assinam carta cobrando a governador o uso da cloroquina

Deixe seu comentário:

Redes Sociais

Blog da 90